Cuide-se: 4 procedimentos indicados para mulheres

A saúde feminina exige cuidados muito específicos, principalmente quanto ao sistema reprodutor.

Por isso, indica-se que, ao menos anualmente, toda mulher visite o ginecologista.

Não se deve correr para o consultório apenas em casos de sintomas de gravidez.

Nesta consulta, o profissional faz um check up de todo o aparelho reprodutor (útero, ovários e trompas), das mamas e pode pedir alguns exames, como o ultrassom transvaginal e o hemograma.

O objetivo é fazer a detecção precoce de doenças como:

  • Câncer no aparelho reprodutor;
  • Câncer de mama;
  • Ovário policístico;
  • HPV.

Com isso, é possível adiantar-se à doença e começar o tratamento um pouco antes.

Quer saber mais a respeito de procedimentos médicos e estéticos indicados para mulheres? Confira neste post:

Exames ginecológicos

Quando um casal faz planos para aumentar a família, é comum que a mulher se submeta a exames ginecológicos para engravidar.

O objetivo dos procedimentos é verificar se o organismo está preparado para passar por todas as mudanças que a gravidez causa.

No entanto, mesmo as mulheres que não pretendem ter filhos no futuro próximo devem visitar o ginecologista periodicamente para realizar exames.

Um dos mais conhecidos é o papanicolau: nele, o médico usa um aparato, chamado espéculo, para abrir a vagina e visualizar seu interior, bem como o colo do útero.

Além do exame visual, ele também colhe material para fazer exames laboratoriais.

Eles podem revelar doenças sexualmente transmissíveis, como a infecção pelo vírus HPV.

Ainda durante a consulta, o profissional pode fazer um breve exame das mamas e dos nódulos linfáticos.

Caso ele sinta algum volume anormal, pode indicar mais testes à paciente, como a mamografia.

Além destes procedimentos, há outros que são feitos em centros especializados e apresentados posteriormente ao médico, como o ultrassom transvaginal.

Inserido na vagina, este aparato permite uma boa visualização do útero, endométrio, trompas e ovários.

Caso alguma anormalidade seja detectada, ela é investigada a fundo.

Exames nas mamas

Quando uma mulher entra na casa dos 40 anos, ela passa a fazer parte do grupo de risco para câncer de mama.

Por conta disso, ela deve ter atenção redobrada no cotidiano, fazendo o autoexame periodicamente, preferencialmente durante o banho.

Do mesmo modo, nesta faixa de idade, o ginecologista passa a pedir mamografias anuais.

Este cuidado permite que um eventual nódulo seja detectado de maneira precoce, assim, caso ele seja maligno, o tratamento tem mais chances de surtir efeito.

Tratamentos para estrias

Uma das transformações pela qual o corpo passa durante a gravidez é o aumento de volume do abdômen.

Por conta disso, os órgãos internos mudam de posição, e passam a trabalhar em um ritmo cada vez mais intenso.

Do mesmo modo, a pele precisa se esticar para dar conta do crescimento da região.

O problema é que, em algumas mulheres, o ritmo de crescimento do bebê é mais rápido do que a capacidade de multiplicação das células da pele.

Com isso, aparecem linhas vermelhas, no sentido oposto ao crescimento: são as chamadas estrias.

Por mais que haja alguns cuidados que podem ser tomados durante a gravidez para evitá-las (como espalhar óleo de amêndoas pelo corpo), na maior parte das vezes ela aparecem de qualquer maneira.

Neste caso, é preciso investir em procedimentos específicos para removê-las, como o microagulhamento para estrias.

Nele, o esteticista usa um objeto específico, chamado roller, para causar uma inflamação local, estimulando a regeneração da pele. Isso ajuda a reduzir estas manchas consideravelmente.

Criolipólise

Quando a gravidez acaba, o corpo feminino, muitas vezes, fica muito diferente.

Grande parte das mulheres se queixa da dificuldade de perder o peso ganho na gestação, mesmo com a amamentação.

Portanto, vale a pena começar uma rotina de alimentação saudável e exercícios assim que for possível.

Rápido e intenso, o treinamento funcional para mulheres é o ideal para mães que precisam deixar os filhos aos cuidados de outra pessoa.

Da mesma forma, também é possível investir em procedimentos estéticos que auxiliem a eliminação de gordura, facilitando o emagrecimento.

Contudo, é importante evitar técnicas muito invasivas, como a lipoaspiração, tendo em vista a delicadeza do pós parto.

Por conta disso, a criolipólise é uma excelente opção.

Neste procedimento, as células de gordura (adipócitos) têm sua temperatura drasticamente reduzida, fazendo com que ela chegue a níveis negativos.

Desta maneira, elas se autodestroem, fazendo com que o corpo as elimine naturalmente.

Todavia, vale ressaltar que ele não é uma solução definitiva: o sedentarismo e os maus hábitos alimentares farão com que o peso seja recuperado.

Por conta disso, recomenda-se a ingestão de alimentos saudáveis e a prática de exercicios em casa ou na academia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *