Aparelhos e utensílios usados em ambientes domésticos

O ambiante hospitalar é um ambiente que precisa de muita qualidade. Não apenas para a segurança e a saúde das pessoas, mas também para que os pacientes e acompanhantes tenham conforto em momentos difíceis.

Por conta disso, optar por comprar ou alugar equipamentos e suprimentos de boa qualidade é essencial.

Num hospital, portanto, cuidado não quer dizer apenas diagnóstico, mas tratamento correto e respeitoso. Por conta disso, falaremos sobre alguns equipamentos que precisam ter condições adequadas e dignas.

Cama hospitalar

A compra ou o aluguel de cama de hospital não é feita apenas em ambientes hospitalares. Muitas residências que contam com pessoas doentes também precisam desse equipamento, que faz toda a diferença na recuperação de um indivíduo.

Independente dos motivos pelos quais acontecem a internação, a cama acaba sendo a maior companheira dos pacientes.

Ao sair de uma cirurgia ou realizar um tratamento, o ideal é que a pessoa tenha momentos de conforto e descanso no leito do hospital. Por conta disso, ter uma cama de qualidade é fundamental.

Até mesmo em casa, quando alguns pacientes realizam tratamentos no conforto do lar, é preferível a utilização dessa cama.

Assim, ela é facilmente encontrada em comércios fornecedores de produtos hospitalares. Algumas das vantagens de utilizar esse equipamento são:

  • Altura ajustável;
  • Barras laterais de segurança;
  • Facilidade na higienização do paciente;
  • Materiais facilmente esterilizados;
  • Mais conforto e praticidade.

Porém, para que tudo dê certo com a utilização da cama, é necessário que ela também esteja em boas condições. Por conta disso, é preciso que passe por manutenções periódicas.

Isso, inclusive, é para a segurança do próprio paciente. Caso ela já esteja deteriorada, o ideal é que se troque o equipamento.

Espéculos descartáveis

Os espéculos descartáveis são equipamentos de uso intravaginal, utilizados, na maioria das vezes, por médicos ginecologistas.

Sua função é auxiliar na consulta e na observação da cavidade interna das pacientes. Assim, pode ser aplicado tanto em exames periódicos como cirurgias.

Existem também os espéculos utilizados para a abertura nasal, auricular e oral. Por ser uma ferramenta descartável, também oferece segurança quando o assunto é infecção de outros objetos e pacientes.

Por conta disso, é preciso que sejam utilizados espéculos de qualidade e, se forem metálicos, que possam ser esterilizados após a utilização.

Eles são considerados produto médico-hospitalar de uso único, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  Além disso, é preciso que o hospital ou o local de uso desse equipamento tenha local de descarte específico para esses produtos.

Outros suprimentos

Além desses dois equipamentos citados, existem diversos outros suprimentos hospitalares que cooperam para o dia a dia do ambiente. Isso envolve desde materiais para a limpeza até equipamentos utilizados em cirurgias.

Tudo isso é responsabilidade da administração do hospital e faz toda a diferença na estadia do paciente.

Como sabemos, hospitais não são lugares muito agradáveis pra muita gente. Por isso, contar com uma estrutura adequada e, até mesmo, agradável, pode modificar até mesmo a recuperação de algumas doenças.

Isso é muito visto em hospitais que atendem crianças. Normalmente, eles contam com equipamentos e decoração especializada, que faz com que o paciente se sinta um pouco mais a vontade.

A manutenção dos equipamentos

Dentro dos hospitais, assim como em todas as outras áreas de atuação profissional que envolvam equipamentos complexos, a manutenção é essencial.

Em casos que envolver a saúde principalmente. Isso porque, sem a manutenção adequada, muitas das ferramentas e máquinas podem não funcionar corretamente e, então, afetar diagnósticos e tratamentos.

Máquinas de raio-X, radiografia, ultrassom, entre outras, precisam estar em suas melhores condições. Por conta disso, é necessário contatar empresas especializadas em manutenções para esse tipo de equipamento. Além disso, nesses casos, são indispensáveis as manutenções preventivas de tempos em tempos.

Respeitar esses prazos é respeitar os próprios pacientes. Isso porque, quando um equipamento falha, todos acabam pagando: tanto os médicos, quanto o hospital, quanto as pessoas que estão sendo atendidas.

Em casos de quebras e danos, também é necessário que haja profissionais preparados para os ajustes da maneira mais rápida possível. Essa mentalidade é ainda mais importante em ambulâncias, que são acionadas em casos de emergência.

Assim, os equipamentos que ficam dentro do veículo precisam estar funcionando de forma correta. Contar com uma equipe especializada e equipamentos de qualidade pode mudar, para melhor, a vida de muitas pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *