Aprenda como funciona óleo essencial

A medicina avança a cada dia na busca das melhores pílulas e tratamentos para as dores do corpo e da alma. Porém, é possível também olhar para trás e encontrar práticas eficazes. Acupuntura, yoga e aromaterapia trazem saberes ancestrais milenares para cuidar de problemas de hoje. O uso dos óleos essenciais, por exemplo, foi documentado no Antigo Egito, entre os povos originários da Austrália, na China e em várias outras partes do mundo. Quer saber como funciona o óleo essencial? Leia o artigo!

O que é óleo essencial?

Os óleos essenciais são compostos altamente concentrados extraídos de vegetais. Uns são feitos a partir de flores, outros de caules, cascas, raízes e frutos.

Cada planta tem um uso medicinal e esses líquidos extraídos podem agir de diversas formas no organismo.

São usados em tratamentos como depressão, ansiedade, problemas de pele, distúrbios digestivos e muito mais. Mas não se engane: os óleos são extratos naturais, mas não devem ser usados sem orientação.

Por isso, é importante saber como funciona o óleo essencial e como eles podem ajudar na sua saúde!

Conheça a aromaterapia

A aromaterapia faz parte de uma técnica milenar que usa os aromas e a composição dos óleos essenciais para tratamentos diversos.

A pessoa que se especializa na área é chamada de aromaterapeuta e é ela quem vai saber indicar os melhores compostos para cada necessidade.

É importante conhecer os benefícios da aromaterapia para entender melhor o papel dela nos cuidados com a saúde.

Como funciona o óleo essencial?

Os óleos essenciais agem em duas frentes: a do aroma e a dos compostos químicos em contato com o corpo.

As propriedades olfativas são capazes de enviar mensagens ao cérebro, o que é benéfico para melhorar o humor, estados depressivos e quadros de stress. Além disso, o olfato está bastante ligado a memórias afetivas, como quando você sente um cheiro e ele te remete a uma lembrança.

Os compostos, em contato com o corpo, através de banhos, massagens, cremes, óleos e inalações, são capazes de melhorar alergias, potencializar cicatrizações, limpar feridas e melhorar o funcionamento dos órgãos. Por exemplo, o óleo essencial de eucalipto é excelente para doenças respiratórias e também ajuda a manter o foco.

No ambiente, o óleo essencial é poderoso na limpeza e como repelente.

Óleo essencial para a pele

Os óleos essenciais são ótimos aliados dos tratamentos de pele.

O óleo essencial de melaleuca, por exemplo, cicatriza infecções, inflamações e é bactericida. Vai deixar a pele limpinha e ajuda a melhorar os aspecto da acne, potencializando a cicatrização.

O óleo essencial de lavanda, o símbolo da aromaterapia, tem propriedades que ajudam a acalmar a pele, a prevenir o envelhecimento precoce das células e a combater a acne.

Óleo essencial para melhorar a saúde mental

Depressão, ansiedade e o stress do dia a dia podem ser apaziguados com o uso do óleo essencial.

Lavanda, vetiver, bergamota e camomila romana são ótimos para esses quadros, ajudando a relaxar, aliviar tensão e ajudar a dormir.

O óleo essencial de laranja é conhecido como o “óleo da alegria”, por estimular o prazer e o pensamento positivo.

O óleo essencial de alecrim aumenta a memória e a concentração, que podem ficar prejudicadas quando a saúde mental não está equilibrada.

Óleo essencial para a saúde da mulher

Existem compostos que são conhecidos por melhorar a saúde da mulher, aliviando sintomas da TPM e a desregulação hormonal, tornando o processo da menopausa menos traumático.

O óleo essencial de gerânio é um ótimo exemplo. O de ylang ylang é conhecido como estimulante da libido feminina.

Óleo essencial para problemas respiratórios

Desobstrução nasal, coceiras, tosses, dor de garganta e coriza podem ser amenizados com óleos essenciais, não só com o tratamento dos sintomas como com a higienização do ambiente, que pode diminuir processos alérgicos.

No caso da rinite é preciso buscar um especialista para saber quais os compostos podem ser usados para tratar cada um dos sintomas.

Gostou de saber como funciona o óleo essencial? A sua jornada de conhecimento só começou!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *