Qualidade de vida e boa localização: Busca por apartamentos em Chapecó aumenta

apartamento

Quem busca uma nova cidade para morar em um apartamento por exemplo e para chamar de sua, precisa considerar vários aspectos relacionados ao dia a dia e ao bem-estar. Afinal de contas, a cidade precisa atender as necessidades de quem busca morar bem.

 

A cidade de Chapecó é uma das cidades com maior índice de qualidade de vida de Santa Catarina e fazer bons negócios por lá não é algo fora do padrão.

 

Assim sendo, entenda mais sobre a cidade do Oeste Catarinense e veja se é a cidade ideal para você chamar de sua.

Qualidade de vida em Chapecó

Segundo dados da FIRJAN, a cidade de Chapecó é a quarta melhor cidade de Santa Catarina para se viver, considerando índices de qualidade de vida como educação, saúde e economia.

 

Utilizando o índice IFDM (índice Firjan de Desenvolvimento Municipal), Chapecó atingiu uma pontuação de 0.8602, sendo que a pontuação máxima é 1.

 

Portanto, ao comprar um apartamento em Chapecó você estará aproveitando toda a estrutura de uma cidade bem localizada e com um desenvolvimento muito perceptível em infraestrutura.

Geração de empregos

Do ponto de vista da geração de empregos, Chapecó não fica para trás. Em 2017, Chapecó foi uma das vinte cidades brasileiras que mais geraram empregos, segundo dados do Ministério do Trabalho.

Chapecó, portanto, vem mostrando um ótimo índice de crescimento e desenvolvimento a partir de uma geração de empregos para alocar profissionais nas mais diferentes áreas econômicas de Santa Catarina.

 

Portanto, se você busca morar em uma cidade com boa oferta de empregos para estabelecer a sua vida ou mesmo para investir em imóveis para locação, saiba que Chapecó pode ser esta cidade!

Logística

Chapecó conta, ainda, com logística facilitada para quem precisa viajar pelo Brasil. Com aeroporto próprio, os moradores podem se deslocar de maneira rápida até as capitais para, assim, chegar em qualquer lugar do mundo!

 

Morar em Chapecó pode ser uma decisão simples se você considerar os índices de desenvolvimento e bem-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *