Como os consultórios particulares se tornaram a melhor opção para quem perdeu o plano de saúde

Se sua família sofreu com a pandemia e perdeu parte da renda, a ponto de fazer cortes importantes do cotidiano, saiba que você não está sozinho. 

Considerado um item importante na saúde da família brasileira, os planos de saúde perderam 327 mil usuários só do começo da pandemia até julho de 2020, conforme dados da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). 

A instituição ainda não divulgou novos dados, mas estima-se que esse número pode ter dobrado até o começo de 2021. 

Uma triste realidade para muitas famílias que, agora, enfrentam o caos e superlotação no SUS, o que era inevitável, principalmente se tratando de uma crise de saúde pública no Brasil e um vírus que afeta todos os países do mundo. 

O cenário fez acender uma luz em diversas clínicas e consultórios particulares, que tiveram que adaptar preços para atender a nova demanda. 

Ao todo, as pesquisas de médicos particulares e especialidades subiram 376% nas capitais e regiões metropolitanas, segundo o Google Trends

Os usuários de planos de saúde, então, passaram a ter oportunidade em clínicas particulares que antes eram inacessíveis. Uma alternativa e adaptação valiosa em que muitos saem ganhando, principalmente para casos não urgentes.

Como encontrar consultórios particulares que se adaptaram à nova realidade? 

É importante frisar que nem todas as clínicas particulares tiveram esta visão e fizeram uma adaptação para atender a nova demanda da família brasileira. 

Muitos ainda não entenderam a importância de mudar completamente o antigo modelo de negócio e, inclusive, ganhar mercado e ajudar diversas pessoas que estão precisando. 

Entretanto, principalmente nas capitais do sudeste e centro oeste, alguns estão investindo pesado em marketing médico, informando os pacientes sobre as novas oportunidades para as famílias que perderam o plano de saúde e agora dependem do SUS. 

Quando você for fazer uma pesquisa, por exemplo: Neurocirurgião no Rio de Janeiro, o consultório que se adaptou à nova realidade com certeza vai informar sobre as novas práticas para agendar consultas e exames médicos a preços acessíveis. 

O que muda entre o plano de saúde e os consultórios particulares? 

A nova demanda dos consultórios particulares resolve parte do problema para as famílias brasileiras, mas não são todos e você precisa ter consciência disso. 

Mesmo que você use o SUS, as clínicas particulares são grandes aliados para você agilizar os processos da saúde pública, que muitas e muitas vezes enfrentam a lentidão nos atendimentos iniciais em diversas cidades do Brasil. 

Se você tem algum caso urgente, até consegue atendimento mais rápido na saúde pública, dependendo da região e cidade em que você está. 

Agora, se você depende de consultas, exames e check-ups, tudo isso decorrente de sintomas leves (mas que podem se agravar), você enfrenta os desafios que não enfrentava nos planos de saúde, onde a execução é mais rápida (por mais que às vezes pareça lenta). 

Exemplificando a situação: se você tem problemas com nódulos de tireoide e procura por um endocrinologista particular, então neste caso, o médico consegue agilizar os processos e encaminhar você para o SUS caso identifique as necessidades e urgências da situação. 

Quais são as contas que você deve fazer quando realiza uma consulta particular?

A nova demanda sobre médicos particulares no Brasil, uma necessidade da família brasileira no momento, tem que ser calculada dentro dos orçamentos familiares, além de que é preciso tomar muito cuidado. 

O consultório médico que realiza as consultas, cirurgias ou tratamentos, com certeza fará uma avaliação do seu caso como um todo. 

Porém, como ele realiza cirurgias e tratamentos, provavelmente o profissional vai tentar fazer com que você se cuide na clínica e não no SUS, dificultando o encaminhamento e não agilizando o processo, como no exemplo acima do endocrinologista. 

Isso pode ser bom ou ruim, dependendo do seu caso e também do consultório particular que você escolher para se cuidar. 

Muitas vezes, quando o preço do tratamento ou cirurgia é justo, vale muito mais a pena realizar uma cirurgia ou tratamento particular do que ficar esperando pelo SUS, sendo que o melhor é resolver rápido. 

Se o preço do tratamento ou da cirurgia não parece justo ou não cabe no seu bolso, você pode pedir o encaminhamento para o SUS com os exames e diagnósticos das consultas da clínica particular.

Trata-se de um direito seu e do código de ética do CRM (Conselho Regional de Medicina). 

De qualquer maneira, as consultas particulares passaram a valer a pena e tornaram-se uma alternativa interessante para todos aqueles que perderam o plano de saúde com o aumento dos preços e a crise econômica. 

Conclusão

As clínicas particulares que se adaptaram durante a pandemia estão crescendo e ajudando diversas famílias que ficaram sem planos de saúde por conta do aumento de preços e a crise econômica.

Mesmo assim, poucos consultórios particulares ainda estão enxergando a demanda, por isso, você vai ter que pesquisar bem antes de realizar qualquer agendamento de consulta. 

Atente-se às comunicações dos sites médicos e propagandas, pois eles estão falando muito sobre isso. 

As consultas particulares ajudam você a agilizar processos de atendimento inicial no SUS, portanto, mesmo que você não realize tratamento nem cirurgias, o encaminhamento médico pode ser muito importante para você e sua família. 

Tome cuidado com os consultórios que não querem fazer o encaminhamento, uma vez que é um direito seu e um dever do médico. 

Texto desenvolvido pela Agência Médico. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *