Para que serve a páprica doce?

Se você tem o costume de cozinhar, provavelmente já se deparou com esse tempero comum na culinária brasileira. Mas o que é a páprica doce? A páprica é uma especiaria feita com pimentão, e existem dois tipos desse ingrediente: a doce e a picante.

A diferença entre as duas é que uma é bem mais ardente e possui uma cor mais clara, por ser produzida com o pimentão sem utilizar suas sementes. Já a outra é mais escura e é feita com as sementes.

 

Conheça mais sobre a origem da páprica doce

A páprica doce é muito utilizada na culinária nacional, mas onde foi criado esse tempero tão conhecido? Apesar dos frutos serem produzidos aqui nas Américas, o tempero foi criado na Espanha, que importava os frutos, e os produziu depois de 1942. 

Inclusive, é importante ressaltar que lá, era muito usado em refogados e servia de base para outros pratos que levam batatas, além do molho romesco. Atualmente, o tempero continua sendo muito querido, podendo ser utilizado em:

 

  • Receitas com frango;
  • Receitas com batata;
  • Receitas com carne;
  • Receitas com frutos do mar;
  • Entre outras opções.

 

Que a páprica nunca deixou de ser utilizada, isso não é mais segredo. Porém, é interessante se aprofundar e conhecer mais sobre o ingrediente, por exemplo, seus benefícios.

Pois bem, como nada mais é do que as próprias sementes do pimentão em pó, a adocicada é rica em vitamina C, conhecida por ser um poderoso antioxidante natural. 

Além disso, o tempero ajuda a dissolver uma substância responsável pela formação dos coágulos no organismo, chamada fibrina. Ajuda também no combate às dores de estômago, auxilia na melhoria das cãibras e diminui a incidência de gases da prisão de ventre.

 

Países que mais usam a páprica doce

Como todo tempero, a páprica também tem suas tradições, no caso desse ingrediente, a utilização é mais comum em países que formam o Golfo Pérsico, onde é muito usada como tempero aromático, o baharat.

A páprica é bem utilizada em outros países como Hungria, Espanha, mas por lá a mais popular é a defumada.

Ademais, essa páprica é uma das especiarias mais queridas por cozinheiros e gastrônomos, então, nesse artigo, aprenderemos onde utilizar esse tempero tão querido e versátil.

Como a páprica tem o sabor bem suave, ela pode ser usada em diversos pratos.

O tempero é tão versátil que combina com ovos, carne, frango, frutos do mar, legumes e arroz – como citado no começo do texto.

Em vários tipos de ensopado, a páprica faz sucesso também, além de ser ótima para massas e molhos cremosos.

Ou seja, quase todos os produtos salgados que existem no mundo podem levar a adocicada em sua receita, pois esse tempero é muito eficiente e passa um sabor incrível a qualquer receita culinária.

 

Como usar a páprica adocicada?

Como já vimos, em todas as receitas salgadas podemos usar a páprica doce, mas como, na prática adicionar esse tempero, sem que o sabor fique muito forte ou fraco?

Na maioria dos casos, a adocicada deve ser adicionada nos minutos finais do processo de cozimento. Já que se mantida por muito tempo no calor da água, pode ser prejudicial tanto ao sabor quanto à cor dos pratos.

Inclusive, a cor de um prato na gastronomia faz toda a diferença, já que antes de consumirmos diretamente o prato principal, olhamos para ele e degustamos o alimento com os olhos. 

É por isso que em restaurantes mais requintados a apresentação é tão importante quanto o sabor que a comida passa para o consumidor. E a páprica doce é um ótimo corante alimentar, por possuir uma cor vermelha vibrante.

 

Páprica doce é igual a colorau?

O colorau, ou urucum em algumas regiões do Brasil, é confundido às vezes por oferecer a mesma cor vermelha aos alimentos que é adicionado. 

No entanto, o que diferencia os dois é o sabor, já que a páprica doce confere um gosto muito mais interessante que o colorau que, na verdade, não costuma ter sabor algum.

Ademais, a páprica por ser um tempero presente na maior parte das cozinhas brasileiras, é encontrada em qualquer supermercado na seção voltada aos temperos. Vendida em latas ou em sachês.

 

Qual o possível substituto para a páprica doce?

Caso você não tenha usado ou não queira usar a páprica doce em alguma de suas receitas, o melhor seria substituí-la por outro tipo, que pode ser tanto a picante como a defumada. 

Mas claro que há enorme diferença no sabor das três, já que, enquanto a doce é mais suave e versátil, a picante é bem ardente e, a menos que a culinária seja mais voltada para esse tipo de prato, não é muito recomendável essa troca. 

Mas, se o que buscamos é o sabor. Talvez a mais parecida com a páprica doce seja a noz moscada, outra querida pelos Chefs e amantes da gastronomia, por conferir um sabor suave, que remete ao doce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *