Plano de Saúde Privado e Público: Entenda as diferenças

 

O plano de saúde uma assistência de resguardo dos indivíduos contra o risco de terem de ficar sujeitos a despesas médicas. Considerando a possibilidade do risco geral das despesas de saúde de um grupo alvo, a operadora pode aprimorar uma sustentação financeira que proporcione fontes de rendimento de maneira a viabilizar o dinheiro imprescindível para liquidar os direitos médicos mencionados no contrato do plano de saúde.

O plano pode ser controlado pelo governo, por uma Instituição particular sem fins lucrativos ou por uma empresa privada. A atividade econômica é mencionada como saúde suplementar no Brasil.

O que são Operadoras de saúde?

A Operadora é a pessoa jurídica que opera o Plano de Saúde a partir do registro na ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), tendo como objetivo a assistência médica, hospitalar e odontológica, a ser remunerado integral ou parcialmente os gastos da operadora admitida.

Agência Nacional de Saúde Suplementar

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é uma agência soberana ligada ao Ministério da Saúde brasileiro, que engloba em um único órgão os direitos do setor de saúde suplementar.

A autarquia foi concebida pela Lei número 9.961 de 28 de janeiro de 2000, ficando encarregada em proporcionar a proteção do benefício compartilhado na assistência suplementar à saúde, controlar as operadoras, a ligação entre operadoras de saúde e clientes e cooperar para o progresso das atitudes de saúde no país.

A saúde é um dos valores mais valorizados; de fato, é o que permite que todas as pessoas se dediquem às suas metas e objetivos de vida com todas as suas energias e desenvolvam seus potenciais com sucesso. Do mesmo modo, sua ausência limita e reduz as capacidades de ser e de estar plenamente ativo.

Da mesma forma, a saúde é um fator macroeconômico de primeira ordem. É um direito humano, um componente essencial do bem-estar, um produto público global e uma parte constituinte da justiça e equidade sociais. Sua ausência aumenta os custos de saúde, acarreta altos custos sociais e afeta os sistemas de saúde, gerando demandas e retraindo recursos.

Dois objetivos direcionam o Plano de Saúde

  1. Melhorar a saúde da população, aumentando a duração de vida e o número de anos de vida saudável.
  2. Melhorar a saúde das pessoas mais desfavorecidas e reduzir as desigualdades sociais em saúde.

Plano de saúde privado

Bastante diferente do plano de saúde público é o plano de saúde privado. Neste caso, são as pessoas que escolhem pagar pelos serviços de saúde, em virtude de uma percepção de quem tem acesso a saúde particular terão uma melhor atenção, tendo como exemplo; cuidados mais humanizados e provavelmente, um maior imediatismo no atendimento.

Benefícios de contratar um plano de saúde

  • Redução de erros médicos (segurança)
  • Melhor atendimento
  • Ampla rede de clínica, hospitais e profissionais disponíveis
  • Melhor qualidade de entrega
  • Melhor documentação clínica
  • Redução da duplicação de estudos
  • Maior produtividade e motivação do pessoal
  • Redução do custo de obtenção de informações
  • Aumento da satisfação do paciente na eficiência administrativa
  • Redução de consultas “ausentes” / canceladas
  • Redução dos erros de administração de medicamentos
  • Fila de espera baixa ou nula para vários procedimentos

Tipos de Planos de Saúde

Os planos podem ser classificados em:

  • Individual ou Familiar: Que são para pessoas que fazem a contratação do convênio médico como pessoa física.
  • Coletivo ou Empresarial: São empresas ou ongs, sindicatos e outros grupos que fazem a contratação do plano de saúde com um CNPJ e inserem mais de 1 pessoa no plano.

É provável descobrir um plano de saúde barato que possibilita uma ótima segurança? Para esse fim pesquisamos algumas operadoras que possuem preços disponíveis e que possibilitam um excelente atendimento ao cliente.

  • Amil
  • Intermédica
  • Sulamérica
  • Unimed
  • Bradesco
  • São Bernardo
  • Mais saúde

Por que a cobertura é tão importante?

O cuidado da nossa saúde é a nossa responsabilidade, mesmo quando não estamos doentes, ir ao médico para fazer check-ups regulares podem ajudar nos manter mais saudáveis. 

Ter cobertura de saúde significa que se você ficar doente, você terá seu próprio médico que pode ajudá-lo. Além disso, é muito importante que as crianças visitem o médico regularmente.

Portanto, contratar um plano de saúde privado tem muito mais vantagens, do que depender dos serviços públicos do SUS e como cuidar da saúde é algo muito importante, ter sempre ao seu alcance, profissionais da saúde, estrutura hospitalar e uma rede de clínicas para consultas e exames faz toda a diferença para ter mais tranquilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *