Rinite, sinusite e alergias: como evitar crises durante o tempo seco?

Toda vez que a umidade do ar fica baixa é a mesma coisa: você começa a espirrar e seu nariz começa a coçar e a ficar irritado. 

Quem sofre com rinite, sinusite e outros problemas respiratórios e alérgicos sabe o quanto esses sintomas são incômodos e, com certeza, gostaria de se livrar deles.

A boa notícia é que existem várias estratégias que podem te ajudar a minimizar os efeitos do tempo seco no seu corpo, a maioria envolvendo um reforço na higienização e umidificação dos ambientes nessa época. 

Ter um aspirador de pó, por exemplo, é uma boa ideia e você já vai entender o porquê. Antes de pensar na solução, no entanto, é importante saber o que causa esses problemas. 

Em geral, os sintomas surgem porque as mucosas das nossas narinas ficam ressecadas, o que as torna mais sensíveis ao contato com micro-organismos, como ácaros, fungos e bactérias. Ou seja, você vai precisar eliminá-los da sua casa.

Primeiro, livre-se do pó

Lembra da dica do aspirador de pó? O eletrodoméstico pode te ajudar a remover o pó do chão e de outras superfícies da sua casa com mais praticidade, o que você deveria fazer diariamente quando o tempo está mais seco. 

Esse é um dos cuidados mais importantes, porque está diretamente relacionado com os principais causadores das alergias. Tirar a poeira manualmente é uma possibilidade que vai te tomar mais tempo, além de ser menos eficiente. 

É importante lembrar que o uso da vassoura não é recomendado nesse tempo, já que ela levanta toda a poeira no ar, que é o contrário do que você quer. Se não tiver aspirador, opte por um rodo com pano úmido.

Não se esqueça dos tapetes, estofados, colchões e travesseiros. A maioria pode ser aspirada. Além disso, vale trocar a roupa de cama com mais frequência nos dias mais secos. 

O uso de capas protetoras em colchões e travesseiros também é uma boa ideia, pois elas podem ser lavadas.

Cuide do seu pet

Os pelos dos animais também podem favorecer as alergias, especialmente no tempo seco. Por isso, quem tem cachorros e gatos em casa também deve reforçar os cuidados com os bichinhos, principalmente em relação à pelagem. 

Escovar os animais e manter a higiene deles em dia são as melhores formas de fazer com que eles soltem menos pelo.

Hidrate seu corpo e o ambiente

Se o problema é que o ar está mais seco, é uma boa ideia reforçar a hidratação em todos os aspectos. 

Isso quer dizer que você deve tomar mais água e líquidos, como sucos e chás, que ajudam o seu corpo a não desidratar, o que também pode ser uma ajudinha para o seu nariz.

Melhorar a umidade do ar nos ambientes da sua casa também é uma dica valiosa. Você pode fazer isso usando umidificadores de ar, que fazem isso muito bem. 

Não se esqueça, no entanto, de limpar os aparelhos com frequência, pois eles também podem acumular pó e jogá-lo de volta ao ambiente.

Se vai usar umidificadores, evite o exagero. Os aparelhos não devem ficar ligados o tempo todo. Para não pesar na sua conta de energia, claro. 

Mas também porque ambientes muito úmidos podem facilitar o surgimento de mofos e bolores, que também são um problema para os alérgicos.

Evite aglomerações e ambientes fechados

Essa é a dica do momento, porque é uma das principais formas de prevenir o coronavírus. 

No entanto, evitar ambientes fechados e com muitas pessoas sempre foi uma recomendação para quando o tempo está seco por conta da proliferação de micro-organismos, como vírus, bactérias e fungos, que favorecem as alergias.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *