Saiba como diagnosticar indícios de hemorragias

Saiba como diagnosticar indícios de hemorragias

Identificar hemorragia é muito importante para evitar o agravamento de um problema até a chegada de pessoas especialistas no assunto, sendo muito importante para salvar a vida de uma vítima.

Um dos conteúdos que é apresentado no curso de primeiros socorros é de como lidar com situações de hemorragia, sabendo identificar e analisar a gravidade de tal situação da vítima.

A importância do diagnóstico em qualquer situação que envolve a vida de uma pessoa ajudará ela, porque você pode  passar a informação pelo telefone para o socorro sobre o estado da pessoa e preparar ela para ir ao hospital.

Saiba como diagnosticar indícios de hemorragias

Umas das principais causas de mortes por traumas é a hemorragia, sendo evitáveis a maior parte delas com um estancamento adequado. Esse tipo de situação ocorre devido a um grande impacto externo.

O melhor procedimento que pode haver neste momento é de você estancar o local onde está havendo sangramento e levar ela ao médico.

Umas das coisas que leva a morte rápida é quando há um corte profundo e não é dado o devido cuidado, levando a pessoa à morte em menos de dez minutos se o fluxo de sangue for muito alto.

Nos próximos tópicos você verá mais detalhes sobre esse importante assunto.

Como acontece a hemorragia

A hemorragia pode ser classificada de três formas porque a lesão acontece em diferentes vasos da circulação sanguínea.

Se elas forem bem analisadas será melhor identificada e por isso os resultados no tratamento serão mais bem sucedidos.

Capilar

Se parar para analisar perceberá que a maior parte dos cortes são na camada mais superficial da pele e por isso não requer um tratamento mais hospitalar. Essas situações acontecem na cozinha, em jogos esportivos, em arranhões e etc…

Essa camada superficial é chamada capilar, eles são pequenos vasos que estão bem superficiais na pele. É por isso que, quando você recebe uma pancada acaba havendo um hematoma causado por rompimentos de vasos na região.

As medidas que você deve tomar nessa situação são muito simples,  não é preciso muita preocupação nessas horas.

Então você deve fazer uma pressão no ferimento por 5 minutos, depois lavar o local e colocar algum curativo.

Venosa

Essa situação é um pouco mais interna e por isso as medidas para lidar com o problema devem ser diferentes da anterior. 

O corte nesta região é mais profundo e apresenta uma maior vazão de sangue pelo lugar ferido,  isso acontece de forma contínua e lenta.

A procedência que você deve ter com esse tipo de ferida é fazendo uma compressão forte no local, depois de um tempo o sangramento para. Porém é importante que a pessoa vá ao hospital.

A necessidade de levar a pessoa ao hospital é porque pode haver novos sangramentos e alguma infecção no local ferido, por isso os profissionais irão fazer uma sutura.

Esse procedimento será diferente para situações onde a veia atingida for de mais vitalidade.

Arterial

Essa situação é bem pior do que as anteriores porque elas são responsáveis por levar sangue para todo o corpo através do coração, uma ferida nesses principais vasos que levam sangue para todo organismo é mais grave,

O risco  quando esses grandes vasos são feridos pode levar a pessoa à morte com maior facilidade, os jatos de sangue neste local são muito mais fortes e têm a cor de um vermelho vivo.

Diante dessas situações o modo de proceder deve ser mais preciso, com mais agilidade, sendo assim é importante que você pressione o lugar com um pano limpo, ajudando  a diminuir o fluxo sanguíneo.

A pessoa deve ser levada com urgência para o pronto socorro. Se você usou uma torniquete para controlar o fluxo de sangue é importante que ela não seja usada por muito tempo na ferida para não acontecer a morte de tecidos por falta de irrigação.

Quando é algum lugar do corpo que pode ser erguido com mais facilidade como no caso de uma perna ou um braço é importante que deixe eles bem elevados, dessa forma a pressão será mais controlada.

Quanto mais vasos sanguíneos diferentes são atingidos, mais difícil é a sua identificação, mas levando em consideração o que foi dito aqui e com a pessoa indo ao pronto socorro as chances são grandes de não haver algum agravamento.

Hemorragia externa

As maneiras de lidar com a hemorragia não é apenas levar em consideração as questões dos vasos sanguíneos que foram citados nos tópicos anteriores, mas acrescentar a identificação  se a hemorragia é externa ou interna.

No caso da externa ela é mais superficial, porém a quantidade de fluxo sanguíneo será maior se  a vascularização for grande em determinado local do corpo como a cabeça.

Lugares onde tem feridas superficiais, mas são bem vascularizadas tem um fluxo de sangue de maior intensidade.

Hemorragia interna

As hemorragias internas são mais difíceis de você identificar, por isso é melhor se atentar para os sintomas, para que assim você possa ajudar com mais precisão e contribuir com todo o procedimento posterior.

Diante disso, você pode observar sinais como:

  • Pulso rápido e fraco
  • Palidez e cansaço
  • Muita sede
  • Respiração acelerada
  • Náuseas ou vômitos com sangue
  • Abdomem duro e com dores
  • Queda da pressão
  • Confusão mental 
  • desmaios.

Muitas vezes em casos como este é necessário realizar uma cirurgia e por isso é necessário que o procedimento seja rápido para levar a vítima ao pronto socorro mais próximo.

Enquanto você está ajudando a pessoa pode pedir para chamar a ambulância. Todo esse procedimento é necessário porque a vítima pode está passando por um AVC e por isso a chance de levar a uma consequência mais desastrosa aumenta.

Existe hemorragia em vários lugares como nariz, ânus, boca e etc…

Últimas Considerações

O conhecimento do diagnóstico de hemorragia é muito importante para que você contribua para salvar a vida de muitas pessoas. 

Cada detalhe destes poderão fazer com que a vítima tenha um socorro digno e possa ter uma maior chance de evitar um agravamento do problema e também a preservação da própria vida.

Por isso o curso de primeiros socorros é muito importante para qualquer pessoa, e por isso se você deseja conhecer mais da área ou quer trabalhar em uma  que precise desse aprendizado, então faça.

Gostou deste conteúdo? Se tiver alguma dúvida você pode fazer perguntas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *