Autocuidado facial, saiba quais são seus benefícios

saúde

Cuidar da própria saúde e bem-estar deve ser uma prioridade para todas as pessoas. Dentro das atividades de autocuidado, estão os cuidados estéticos com o corpo e sua conservação. Além disso, há as atividades físicas, alimentação balanceada e as atividades voltadas para a saúde da mente.

Somando essas cautelas com a mente e com o corpo, é possível ter uma vida equilibrada e mais saudável, permitindo que o corpo tenha mais saúde e resistência, fornecendo ao seu proprietário mais qualidade de vida, segurança, motivação e autoestima. Com isso, o cuidado com a pele e aparência também são medidas necessárias.

Em clínicas e centros estéticos, é possível realizar alguns procedimentos que estimulam e aprimoram a qualidade da pele facial, promovendo um rejuvenescimento mais natural e sadio.

Limpeza de pele profunda

Comum na rotina de muitas mulheres, a limpeza de pele serve para remover impurezas que ficam alojadas na pele durante um dia todo e que não saem com facilidade, como as células mortas, cravos e espinhas.

Entretanto, essa purificação precisa ser realizada por profissionais da área. Executada em seis etapas, a limpeza de pele profunda consegue tornar a pele mais limpa, leve e livre de impurezas. Sendo esses os processos:

  1. Limpeza;
  2. Abertura dos poros;
  3. Esfoliação;
  4. Extração de cravos e espinhas;
  5. Hidratação;
  6. Proteção.

A limpeza serve para remover a maquiagem e oleosidade presente superficialmente na pele.

A abertura de poros é um preparatório para a remoção dos cravos e espinhas, por isso, é realizada com vapor de água quente que também amolece a pele e a prepara para a remoção de impurezas.

A esfoliação é feita com um esfoliante para o rosto adequado, ou seja, com fragrâncias mais neutras para evitar alergias e irritações na pele. Nessa fase, algumas espinhas e cravos são removidos, junto com todas as células mortas do rosto.

A quarta etapa é a extração de cravos e espinhas, processo que pode ser realizado manualmente pela esteticista ou por meio de uma máquina de ressonância, que atinge níveis mais profundos da pele.

As etapas cinco e seis são realizadas para finalizar o tratamento e conservar o resultado por mais tempo. O hidratante, além de promover maciez, acalma a pele após todos os procedimentos, e o protetor solar, recomendado para ser utilizado todos os dias, protege contra os raios UV e contribui para o rejuvenescimento do rosto.

Dessa forma, a limpeza é finalizada e proporciona ao cliente um aspecto mais jovial, limpo e leve. Esse procedimento pode ser feito em mulheres e em homens. Como há uma diferença entre ambos, é preciso que o profissional conheça e utilize os produtos e processos adequados.

Técnica do microagulhamento

A técnica responsável por estimular a formação natural de fibras de colágeno, o microagulhamento no rosto, é indicado para o tratamento de cicatrizes de cravos e espinhas, rugas e linhas de expressão, estimulando a formação de uma pele mais firme e sustentável.

Assim como todos os setores, a área da estética também foi favorecida com o desenvolvimento e avanços da tecnologia, e por isso, alguns procedimentos podem ser realizados com mais facilidade e com menos dor nos pacientes. O microagulhamento pode ser feito com um aparelho manual ou automático.

Atualmente, esse tratamento é indicado para remoção das melasmas e manchas escuras na pele, principalmente no rosto. Ainda não há uma causa definida para o seu aparecimento, mas algo que contribui para esses problemas são a exposição solar e por vezes, a gravidez ou o uso de anticoncepcionais.

microagulhamento para melasma tem um resultado positivo e contribui significadamente para sua diminuição e clareamento.

A pele

Assim como todo o organismo humano, com o passar do tempo a pele sofre com o envelhecimento, e um dos sinais é o surgimento das rugas, que podem ser causados também pelo:

  • Estresse;
  • Poluição;
  • Privação do sono;
  • Exposição solar incorreta;
  • Pouca hidratação.

Com isso, o aparecimento das rugas no rosto, que pode aparecer a partir dos 25 anos de idade é um sinal de envelhecimento, mas que pode ser revertido com os devidos tratamentos e cuidados.

Por isso, além dos tratamentos estéticos que contribuem para retardar o envelhecimento, existem algumas ações cotidianas, simples e práticas de autocuidado que podem e devem ser realizadas.

Dentre as medidas de anti envelhecimento, há a ingestão da quantidade ideal de água todos os dias, o uso de hidratantes e protetores faciais, que diminuem chances do aparecimento precoce de rugas e linhas de expressão faciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *