Cuidador de idosos – Conheça alguns requisitos desta profissão

médica e senhora

O cuidador de idosos é uma profissão que está crescendo no mundo, já que a população está ficando mais velha.

Com isso, muitas famílias buscam o apoio de um profissional que possa oferecer esse tipo de ajuda, longe das casas de repouso.

Pensando nisso, separamos aqui alguns dos requisitos desta profissão, para que você possa conhecer e, talvez, se identificar.

Vamos lá?

1. A arte da paciência

Sem sombra de dúvidas, um dos principais requisitos para ser um cuidador de pessoas da terceira idade é a paciência.

Isso porque, o avançar dos anos acaba limitando o ser humano, deixando os movimentos e até mesmo o pensamento mais lento.

Com isso, alguns podem demorar mais para falar, ficam mais sensíveis e apresentam uma série de reflexos decorrentes da idade.

Vale destacar que isso não quer dizer que os idosos dependem totalmente de você, mas sim que precisa de espaço, calmaria e espera.

Justamente por isso, o curso de cuidador de idosos ensina que não basta você ter uma paciência natural, aquela que costuma ser reservada para as crianças.

Com a terceira idade, é preciso ter uma paciência diferente.

Assim, você sabe que aquele indivíduo é alguém completo, que já teve uma vida inteira e já fez milhares de coisas.

Logo, ela provavelmente não precisa de você para aprender alguma coisa, mas sim para seguir com a rotina, ter mais qualidade de vida e conforto.

Por fim, é importante dizer que a paciência deve ser ainda mais cuidadosa com idosos que possuem limitações físicas e/ou mentais.

Como nos casos de Parkinson e Alzheimer.

2. Empatia é um dos requisitos do cuidador de idosos

A empatia, muitas vezes, parece se fundir com o requisito de paciência, porque ambas andam lado a lado.

Ainda assim, são questões completamente diferentes.

Dessa forma, ser empático significa ter a capacidade de se colocar no lugar do outro.

Com isso, você entende melhor o que ele precisa, como ele se sente ou mesmo coisas que poderiam tornar a vida mais simples.

Empatia é bem diferente de tomar decisões pelo outro, mas é o sentir o que ele pode estar sentindo e saber que isso é algo único, um tipo de ligação.

Não à toa, é comum que pessoas que sigam com sucesso essa profissão tenham um desenvolvimento rápido da inteligência emocional.

Afinal, você consegue identificar sinais, mesmo os mais pequenos, e entender a melhor maneira de lidar com eles.

Os idosos não querem a sua pena, mas querem que você entenda o que eles estão dizendo, o que estão sentindo e como gostariam de ser tratados.

Lembre-se, o idoso sabe que o estar velho significa também estar mais perto da morte.

Sendo essa uma fase de extrema fragilidade para muitas pessoas que ainda não estão prontas para o futuro e querem viver o agora da melhor maneira.

3.Atenção constante

Entre os requisitos essenciais para ser um cuidador de idosos está a capacidade de realmente prestar atenção nas coisas.

Mais importante que isso, é ter atenção quanto a tudo o que está acontecendo ou que deveria acontecer.

Em geral, esses profissionais lidam com uma série de questões rotineiras, como:

  •         Hora para alimentar;
  •         Banho e limpeza;
  •         Hora dos medicamentos;
  •         Questões de segurança;
  •         Afazeres gerais, etc.

A partir do nível de dependência do idoso, esses cuidados são ainda mais importantes.

Como um idoso que tem alguma doença mental e pode acabar se esquecendo como usa a faca, se queima com a água do banho ou mistura as dosagens dos remédios.

Logo, é a sua atenção que garante a vida e o bem-estar.

Sendo assim, é preciso estar atento até as coisas mais pequenas, como um tapete que pode ocasionar um acidente.

Justamente por isso, é tão importante seguir uma rotina mais rígida e ter certa disciplina, para evitar erros e outros problemas.

4. Respeito é um dos requisitos básicos para ser um cuidador de idosos

Pode até parecer que não, mas o respeito é uma das melhores bases para a sua vida.

Isso porque, é preciso entender que os seres humanos são diferentes entre si e que essas diferenças precisam ser respeitadas.

Mesmo que você não concorde.

Pensando nos idosos, o cuidado está, principalmente, com as questões morais e culturais.

Veja, o idoso foi criado em uma época diferente da sua e, muito provavelmente, ainda tem opiniões que seguem esse modelo de criação.

Porém, isso não quer dizer que ele seja melhor ou pior que outra pessoa, mas sim que teve uma vida, história e uma criação.

Você não vai mudar isso, mas pode mudar a maneira de oferecer aquilo que ele precisa.

Então, ao invés de tentar discutir determinadas questões, tente respeitar essa questão, já que talvez ele nunca tenha aprendido de outra maneira.

Isso não quer dizer abrir mão dos seus valores e princípios ou mesmo se sujeitar a um emprego ruim, com pessoas que fazem mal para a sua saúde mental.

Mas entender que as pessoas podem ser boas e não serem exatamente como você ou como as pessoas que, frequentemente, estão à sua volta.

5.Capacitação

Por fim, um dos requisitos para ser um cuidador de idosos é a capacitação, que pode acontecer de diversas maneiras.

Geralmente, quando o idoso requer cuidados específicos, como aqueles ligados a aparelhos ou que dependem totalmente de você, pode ser preciso uma capacitação mais específica.

Com isso, muitos procuram profissionais da área de enfermagem.

Entretanto, na maior parte das vezes, o curso de cuidador de idosos é a melhor aposta para conseguir um bom emprego.

O curso mostra que você teve interesse o bastante para estudar a área e reunir conhecimento sobre a profissão.

Dessa maneira, é mais qualificado para lidar com as adversidades que podem surgir ou mesmo tem melhores ferramentas de atuação.

Então, se você gosta da área, investir neste estudo é uma ótima opção.

 

Enfim, você ainda tem alguma dúvida ou gostaria de saber mais sobre esse tipo de trabalho?

Comenta aqui embaixo para que eu possa ajudar você ou aproveite para compartilhar as suas dicas com nossos leitores.

Inclusive, se você tem uma experiência bacana, não deixe de comentar.

Grande abraço e até o próximo post!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *