5 coisas que você precisa saber sobre capela de exaustão

Existem muitos equipamentos e acessórios, como a capela de exaustão, que fazem toda a diferença ao serem utilizados nos laboratórios. Para procedimentos que envolvem produtos químicos de diversos efeitos é necessário o uso correto de dispositivo que tornem o trabalho mais prático e fácil.

Por isso, capela de exaustão é uma alternativa muito procurada. De maneira eficiente, ela consegue evitar que as consequências de um procedimento químico venha a interferir na integridade física do operador.

Mas como ela funciona? Quais são seus principais usos? Existem tipos diferentes? Essas e outras perguntas serão respondidas no artigo a seguir, confira!

O que é capela de exaustão?

Essa máquinas são, como diz o nome, pequenas “casinhas” onde é possível realizar um procedimento laboratorial de forma reservada. Considerado um equipamento de proteção coletiva, é necessário em qualquer local onde o trabalho envolva manipulação de:

  • Agentes químicos;
  • Vapores agressivos;
  • Partículas e líquidos;
  • Substâncias tóxicas;
  • Demais componentes agressivos.

Produzido em diferentes tipos de materiais, todos recomendados para a utilização no setor laboratorial, esse dispositivo tem um formato bastante propício para a execução dos procedimentos dentro do espaço onde as operações ocorrem de forma isolada do ambiente externo.

A partir do uso de guilhotinas e sistemas de informação que oferecem performances adequadas para cada demanda, esse mecanismo é muito procurado no setor.

Desempenho

Capela de exaustão para laboratório consegue, além de exaurir gases, fumos e vapores, exercer sua principal função: impedir que as reações químicas ocorridas em seu interior e o ambiente do laboratório possam interagir de alguma maneira. Isso garante que os operadores laboratoriais não coloquem sua integridade física em risco ou até mesmo sua vida.

Afinal, as variadas reações químicas que acontecem a todo momento dentro de um laboratório podem gerar consequências graves e irreversíveis para a saúde humana. Sendo assim, todo cuidado é pouco, certo?

E tem mais: o bom uso desse tipo de dispositivo permite que o serviço oferecido se torne cada vez mais eficiente e procurado. Para a performance máxima de um espaço de trabalho como um laboratório, é necessário poder contar com maquinário especializado, de boa origem e que ofereça a certeza de operações seguras e eficazes.

Tipos

Existem variados tipos de capelas desse modelo e eles podem variar de acordo com a performance oferecida e os materiais com os quais pode lidar. Capela com lavador de gases, por exemplo, é bastante indicada para uma série de processos com mais versatilidade e performance.

Outro item que pode mudar é a abertura da porta, que varia conforme o modelo. Sem falar no uso das chapas aquecedoras, nas questões de adaptabilidade, na potência e, claro, nos custos.

O mais importante é avaliar, antes de tudo, qual é a sua necessidade. Se você precisa manipular gases mais nocivos, vale a pena procurar por capela de exaustão de gases usada, já que os custos com um dispositivo de tamanha performance são mais altos.

Recomendações

É preciso, antes de mais nada, garantir que apenas pessoas preparadas lidem com o dispositivo, pois não existe uma versão onde ele seja tão facilitado que não demande uma atenção impecável em todas as etapas de sua operação.

Dessa forma, capela de exaustão funcionamento precisa ser do conhecimento dos seus operadores, que o conduzem de forma excelente do começo ao fim, evitando condições problemáticas de saúde no futuro.

Além disso, algumas dicas mais técnicas são sempre manter a capela ligada, a guilhotina o mais fechada possível, certificar-se de que o medidor de ar está indicando corretamente o fluxo de ar e não ultrapasse o limite da abertura permitido.

De acordo com as performances oferecidas, Capela de exaustão de gases preço pode variar bastante, pois existem tanto os modelos que possuem mais limitações quanto aqueles que oferecem uma mecanismo totalmente tecnológico e preparado para fornecer o melhor desempenho disponível no mercado atual. 

Dicas importantes

Algumas das dicas mais importantes e que você deve se lembrar da próxima vez que for operar capela de exaustão ou delegar alguém para isso são:

  • Nunca insira a cabeça na capela;
  • Utilize óculos de proteção;
  • Não permita bloqueios no fluxo de ar;
  • Mantenha a guilhotina sem uso abaixada;
  • Atente-se a todas as etapas.

Imagine que um equipamento tão importante e que causa tantos problemas quando mal executado precisa ser muito bem escolhido antes de finalmente ser acionado dentro de um laboratório.

Por isso, conte com fornecedores de qualidade e boa procedência, de preferência aqueles com experiência de produção e garantia de desempenho máximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *